top of page

Thereza Tourinho: criação e evolução do esporte

Seguimos o mês das mulheres com mais um episódio muito especial do Clac Cast: Thereza Tourinho, proprietária do Haras Umburanas, conta sobre os desafios e a evolução da criação nacional, o desenvolvimento do esporte e a participação feminina no meio. 


Criadora desde 1988, Thereza também foi amazona por muitos anos e, atualmente, se dedica a criação de cavalos de alta performance e se diverte acompanhando a filha, que está começando sua trajetória no esporte. 


O Haras Umburanas se localiza na Bahia, onde os animais crescem e são domados, para depois ir para São Paulo começar a carreira nas categorias de Cavalos Novos, em parceria com a Innovate Riders, com os cavaleiros Guilherme Foroni e Ivo Roza Filho. 


Sobre o desenvolvimento da criação brasileira, Thereza comenta que “hoje temos a possibilidade de ter qualquer sêmen do mundo e a criação brasileira trouxe muitas matrizes importantes. Além disso, já temos muitas éguas brasileiras, que são excelentes atletas, que podem produzir tão bem quanto as importadas. O nosso mercado também valoriza essas éguas do esporte nacional. E assim, criamos as nossas linhas maternas importantes, vamos criando a nossa identidade”. 


Quanto as dificuldades da criação e os preços altos que têm movimentado o mercado dos cavalos de esporte, Thereza comenta: “As pessoas vêem o cavalo que deu certo ser vendido caro, mas por trás disso tem uma grande estrutura e um super trabalho. Tem todo o resto que não funcionou. As pessoas vêem o resultado de um único sucesso e resolvem criar. Mas depois percebem que não existe fórmula mágica”. 


“A vida é perigosa em si, se não for o Hipismo vai ser outra coisa. O esporte ensina muito e, o principal, tem a convivência com os cavalos” - Thereza Tourinho 


Acompanhando a filha, que hoje compete na categoria Pré-Mirim, e observando as meninas e mulheres que competem, Thereza comenta que o hipismo está proporcionando cada vez mais um ambiente agradável para a presença feminina, desde a base até o alto nível. “A qualidade dos cavalos, a segurança do esporte, o conforto, a moda equestre, as fotos e vídeos para as redes sociais, tudo isso possibilita que mais mulheres queiram começar e ficar no esporte”, reflete. 


Clique aqui e escute o episódio completo com a criadora Thereza Tourinho. 

Comments


bottom of page