top of page

Henrique Rocha fatura Classico na I Etapa do CSN Aniversário de Brasília

Atualizado: 3 de ago. de 2022

A I Etapa do CSN Aniversário de Brasília aconteceu entre os dias 04 e 06 de março de 2022, no BCC Brasília Country Club. Ao todo, foram 30 provas, abertas a todas as categorias, e premiação total em espécie de R$ 25 mil.


No Clássico a 1.40m, principal disputa do concurso, sagrou-se campeão o cavaleiro Henrique Rocha, representante da Federação Hípica de Minas Gerais. Montando Kannanturo M, o conjunto foi o primeiro a zerar o percurso inicial, e o único que repetiu o feito na segunda volta, a 49s86.


“Fiquei muito feliz em ganhar o Clássico. O Kannanturo fica em Brasília, então a ideia era saltar esse concurso como uma forma de preparação para o Open. O cavalo voltou de férias bem descansado e em um estado físico maravilhoso. Confio muito no zero dele, ele é muito limpo. Como os outros concorrentes já tinham batido, eu entrei na segunda volta com uma estratégia formada, para arriscar pouco. Vou pro Open bem confiante, animado pelo o que o cavalo apresentou neste concurso”, comenta o campeão.


Henrique Rocha ainda comentou sobre a oportunidade de saltar em Brasília. “Quero agradecer ao pessoal da Chevaux, por cuidarem bem do Kannanturo e mantê-lo sempre pronto para as provas. E é sempre uma satisfação saltar com os amigos de Brasília, Stephan, Felipe Pimenta, Thiago Rhavy, Marquinhos Magalhães, que além de concorrentes, são amigos de longa data”, finaliza.


Henrique Rocha e Kannanturo M no galope da vitória do Classico da I Etapa do CSN Aniversário de Brasília


Lis Lacerda e Gody Copper conquistaram a segunda colocação, com quatro pontos na primeira volta, zero na segunda e o tempo de 43s63 e, em terceiro lugar, ficou o olímpico Stephan Barcha e Chevaux Tigger van de Held, com mesma pontuação de Lis, mas tempo de 44s27 na segunda volta.


Na Copa Bronze, disputada a 1.20m, a grande campeã foi Lina Barreto Beltrão e Kamila G, com desempate a 32s67. Segundo a amazona, “a estratégia adotada foi fazer o mesmo traçado do líder, mas com uma curva mais fechada para duplo e confiando na velocidade natural que a minha égua já tem”.



Lina Barreto Beltrão e Kamila G em busca da vitória na Copa Bronze


A amazona conta que a égua voltou de uma lesão no final do ano passado e que vinha se recuperando aos poucos. “A gente vinha fazendo provas de 1.10m com ela. Mas nos treinos percebemos que ela estava saltando muito bem, então resolvemos tentar ir no 1.20m e felizmente deu tudo certo. Ela teve um ótimo retorno e ainda conseguimos levar a vitória pra casa, não tinha como ser melhor”, celebra.


Ana Carolina Sousa Queiroz e Gemma TB ficaram em segundo lugar, com duplo zero e tempo de 33s28 no desempate e, na terceira colocação, Lucas Felipe Leite Basilio da Silva e Monalisa Itapuã, que também concluíram a disputa sem faltas, e fecharam o desempate em 36s05.


Felipe Greco comemora a vitória com La Noblesse JMen II na Copa Prata


A Copa Prata encerrou o concurso, com obstáculos a 1.30m. Sagrou-se campeão Felipe Greco e La Noblesse JMen II. “Estávamos testando uma nova embocadura na égua, e tivemos a felicidade de ir para o desempate e superar outros concorrentes que eram muito rápidos. A estratégia do desempate foi fazer um começo bem rápido e aproveitar a curva pro lado esquerdo antes da linha final, já que a La Noblesse faz esse giro muito bem. Seguimos o programado e acabou dando tudo certo! Gostaria de agradecer a toda a equipe Chevaux e a La Noblesse por essa vitória”, conta o campeão.


Na segunda colocação, Gabriel Galvão e Carlucci GMS fecharam o desempate com tempo de 30s42. E em terceiro lugar ficou João Victor Peixoto Silveira montando SL Bombástico III, a 30s68.


A segunda e última etapa do CSN Aniversário de Brasília será disputada entre os dias 01 e 03 de abril, no Centro Hípico do Parque.


Assessoria 2clac para Federação Hípica de Brasília


Foto: por 2clac Texto: Isabella Campedelli #hipismobrasil #hipismobrasília #showjumping


Comments


bottom of page